Os grandes cientistas da energia – Parte 2

09/17/2019

Agora que você já sabe mais sobre alguns dos grandes pensadores responsáveis por boa parte do que sabemos sobre energia, chegou a hora de conhecer quatro cientistas do século XIX e XX. São três homens a uma mulher que, a partir das ideias de James Watt, Alessandro Volta e Michael Faraday, inventaram instrumentos e idealizaram teorias que foram utilizadas para o desenvolvimento de avanços tecnológicos como wi-fi, smartphones, trens e metrôs, novas formas de gerar energia e muito mais. Dá uma olhadinha:

 

Rudolf Clausius

Por Bettmann / Wikimedia Commons

Este cientista nasceu na antiga Prússia, atual Polônia, em 1822 e é considerado um dos pais da termodinâmica – fornecendo algumas das bases para o desenvolvimento de conceitos fundamentais e da criação das suas três leis. Trabalhando em cima das teorias do engenheiro francês Sadi Carnot, Clausius conclui definitivamente que o calor não é só um fluido, como também uma forma de energia por si só. Ele apresentou para a sociedade científica da época que o calor pode se converter em energia ou, na linguagem da física, “trabalho”.

Clausius também definiu uma grandeza termodinâmica, utilizada até hoje, chamada de “entropia”. Essa grandeza, basicamente, mede a irreversibilidade dos estados de um sistema físico, ou seja, seu grau de “desordem”. Ele também deu importante contribuição para o desenvolvimento da teoria cinética dos gases, com o estabelecimento de um critério para distinguir átomos e moléculas.

CURIOSIDADE: Durante a Guerra Franco-Prussiana, Clausius organizou vários de seus alunos de Física da Universidade de Bonn, na Alemanha, em um corpo de ambulância voluntária que serviu no conflito. Como homenagem pelo serviço prestado à marinha alemã, ele recebeu a Cruz de Ferro.

Para saber mais sobre Rudolf Clausius, acesse: Wikipédia, ThPanorama e Brasil Escola Uol.

 

Nikola Tesla

Por Napoleon Sarony / Wikimedia Commons

Tesla foi um cientista sérvio que nasceu em 1856 e se destacou nos campos da engenharia mecânica e eletromagnetismo. Tesla é descrito como “o inventor da modernidade”. Seu trabalho teórico forma a base do sistema de potência elétrica em corrente alternada, essencial na Segunda Revolução Industrial. Ele também foi o responsável pela construção da primeira hidrelétrica do mundo, nas cataratas do Niágara, provando que a água é um meio prático de obter energia.

Tesla contribuiu para o estabelecimento da robótica, controle remoto, radar e ciência computacional, expansão da balística, física nuclear e teórica. Uma de suas descobertas mais importantes e utilizadas hoje em dia é a famosa bobina de Tesla, que permitiu a comunicação sem fio, criação do rádio e da televisão: foi por conta do cientista que hoje podemos ter as redes wi-fi! A unidade do Sistema Internacional de Unidades que mede a densidade do fluxo magnético ou a indução eletromagnética, o tesla, e o “efeito Tesla”, relacionado à transmissão sem fio de energia para aparelhos, foram nomeadas em sua honra.

CURIOSIDADE: Tesla foi tachado de louco por muitos! Acredita-se que ele tivesse transtorno obsessivo compulsivo e diversas fobias, entre elas não tocar em cabelos, em pérolas, e relacionar todas as coisas que fazia com o numeral 3 ou seus múltiplos (menos o quarto de hotel: ele jamais ficava num quarto que tivesse o número 3!).

Para saber mais sobre Nikola Tesla, acesse: Wikipédia e Oficina da Net.

 

Thomas Edison

Por Louis Bachrach / Wikimedia Commons

Edison nasceu em 1847 nos Estados Unidos e foi um dos precursores da revolução tecnológica do século XX, registrando mais de 2.000 patentes. Entre as suas principais contribuições científicas encontra-se a lâmpada elétrica incandescente. O maior problema para a criação da lâmpada, na época, era que os cientistas não encontravam uma forma de criar um filamento que não queimasse com a passagem da energia elétrica. Depois de realizar mais de 1.200 experiências, Edison obteve sucesso: a primeira lâmpada elétrica se manteve acesa durante mais de 40 horas!

Edison inventou o fonógrafo e teve um papel determinante na indústria do cinema, com a criação do cinematógrafo. Também aperfeiçoou o telefone e fez o mesmo com a máquina de escrever, além de trabalhar em muitos projetos variados, como alimentos empacotados a vácuo e aparelho de raio-X.

CURIOSIDADE: Tesla e Edison foram protagonistas da famosa “Guerra das Correntes”, uma disputa sobre qual invenção para corrente contínua seria escolhida para levar energia elétrica para a casa das pessoas.

Para saber mais sobre Thomas Edison, acesse: Wikipédia e eBiografia.

 

Mária Telkes

Por New York World-Telegram and the Sun / Wikimedia Commons

A cientista húngaro-americana, conhecida como a “Rainha do Sol”, nasceu em 1900 e foi a responsável por desenvolver o primeiro gerador termoelétrico e o primeiro sistema de aquecimento solar. Pioneira no uso da energia solar, Telkes foi designada para o escritório norte-americano de Pesquisa e Desenvolvimento Científico durante a Segunda Guerra Mundial, e foi lá que ela criou uma de suas invenções mais importantes: um destilador solar capaz de vaporizar a água do mar e condensá-la novamente em água potável.

Sua principal atuação foi no uso da energia solar. Na época de Telkes, as casas solares que estavam sendo estudadas recolhiam e armazenavam energia solar durante o dia e a liberavam à noite. Telkes percebeu que o armazenamento poderia ser muito mais eficiente e decidiu criar uma casa que poderia ser mantida quente durante muito mais tempo, utilizando energia solar. A casa foi construída em Massachusetts, junto com o arquiteta Eleanor Raymond, e foi a primeira residência moderna do mundo projetada e construída para ser aquecida com energia solar.

CURIOSIDADE: O destilador solar de Telkes foi fabricado em larga escala – alguns pesquisadores afirmam que mais de 20.000 unidades foram produzidas. Ele foi tão bem recebido que chegou a ser enviado para a Segunda Guerra Mundial, a bordo de botes salva-vidas, para garantir a sobrevivência dos combatentes.

Para saber mais sobre Mária Telkes, acesse: Wikipédia, Instituto de Engenharia, EletroMecan e Mária Telkes Biofisica.

Confira a Parte 1.

 

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code

INICIATIVA
REALIZAÇÃO
POLÍTICA DE PRIVACIDADE